Saturday, September 23, 2006

RESUMINDO ALGUNS ESPISODEOS


Road To Dream

EPISÓDIO 1: ROAD TO DREAM
Tsubasa, é estrela do futebol no Brasil, recordando seus días de paixão pelo futebol. Depois de se mudar para cidade de Nankatsu, começa o jogo que vale o campode treinamento, a fraca equipe do Nankatsu contra os campeões nacionais do Shutetsu. O goleiro e capitão Wabayashi subestima o time do Nankatsu, mas Tsubasa joga extraordinariamente e consegue marcar um gol em Wakabayashi para surpresa de todos. Este episodio finaliza com a aparição de um misterioso homem, encantado por Tsubasa, que na verdade é o ex-jogador do Brasil: ROBERTO HONGO...

EPISÓDIO 2: ROBERTO TO NO TEAI
Roberto Hongo termina sua carreira por cause de um descolamento da retina. Ele é amigo do pai de Tsubasa, que é capitão de um navio, e ficara na casa de Tsubasa durante sua estadia no Japão. Os jogadores do Nankatsu descobrem que ele é um grande jogador do Brasil e pedem que ele os treine. A primeira coisa que Roberto lhes ensina é que “a bola é sua melhor amiga". O time fica completamente assombrado com um chute acrobático de Roberto...


EPISÓDIO 3: KAETTEKITA MISAKI TARO
O torneio anual da cidade de Nankatsu começa. O time de Tsubasa consegue cheagar à final e enfrenta o Shutetsu de Wakabayashi. O Nankatsu joga muito bem na defensa com Tsubasa na posição de líbero e bloqueiam completamente o Shutetsu durante o primeiro tempo. Wakabayashi se aborrece no segundo tempo pela incompetência de sua equipe no ataque, então em um escanteio pede que Taki lance a bola para ele que sai do gol e marca um gol de longa distância... Ishizaki se machuca, e o Nankatsu parece completamente perdido quando um garoto aparece para entrar no jogo é TARO MISAKI, que combina perfeitamente com Tsubasa e juntos conseguem empatar o jogo, então o Nankatsu e o Shutetsu dividem o título...

EPISÓDIO 4: HONO-O NO KOJIRO
A cidade de Nankatsu cria um equipe para representar a cidade no campeonato nacional. Durante o treino da equipe, aparece um garoto chamado Kojiro Hyuga, o capitão do melhor time da província de Saitama, o Meiwa FC, Hyuga veio testar Wakabayashi, o melhor goleiro juvenil nacional, com um potente chute que estraga as luvas de Wakabayashi. Misaki, anteriormente companheiro de Hyuga no Meiwa, informa a seu time sobre personalidade agressiva de Hyuga e o quanto sua equipe é forte. Tsubasa e seus companheiros se empolgam ainda mais com a idéia de enfrentar bons jogadores no torneio...

EPISÓDIO 5: TANJOU ! CAPTAIN TSUBASA
O Nankatsu FC, joga sua primeira partida regional em Shizuoka, contra a equipo local. Kisugi, Taki e Izawa não confiam nos jogadores do Nankatsu e não lhes passan a bola. Wakabayashi se aborrece e lhes ordena que joguem de forma coletiva. Então percebem que a equipe joga melhor desta forma, assim o Nankatsu FC segue seu caminho até a classificação para o campeonato nacional. Depois em um treino, Wakabayashi se machuca e passa a faixa de capitão para Tsubasa.

EPISÓDIO 6: KAIMAKU ! ZEN NIPPON SHONEN SOCCER TAKAI
O campeonato nacional começa. O Nankatsu FC enfrenta o Meiwa FC, o time do temível Kojiro Hyuga. Wakabayashi no poderá jogar por causa de sua lesão. O estilo de jogo agressivo de Hyuga e sua equipe domina o jogo. Tsubasa se esforça para deter Hyuga, mas este consegue vencer no final...

EPISÓDIO 7: GLASS NO ACE
O Nankatsu perdeu sua primeira partida, mas ganha as outras e se classifica, se encontra nas semifinais com o Musashi FC, comandado por um jogador muito talentoso, Jun Misugi. Misugi domina a partida, no entanto a ajudante do Musashi FC, Yayoi, está inquieta. En una ação desesperada, enqaunto Tsubasa e Misugi brigam pela bola , Tsubasa dá um cotovelada no peito de Misugi, depois Tsubasa descobre que Misugi é cardíaco...

EPISÓDIO 8: TACHIAGARE ! MISUGI JUN
Tsubasa fica impresionado ao saber da doença de Misugi. O Musashi domina o jogo, ainda que seu líder esteja mal. Tsubasa se sente incapaz de jogar contra Misugi. Até que Misugi grita que quer ve-lo jogar no seu melhor nível. Tsubasa entende e finalmente começa a jogar a sério, e consegue vencer o jogo...

EPISÓDIO 9: GEKITOTSU ! TSUBASA VS HYUGA
A final entre Nankatsu e Meiwa começa. Wakabayashi está de volta, e sua presença eleva a moral de seus companheiros. No entanto, o Meiwa também tem novo goleiro, Ken Wakashimazu que é tão bom quanto Wakabayashi. KEn utiliza técnicas de Karate para defender. O jogo chega a prorrogação...


EPISÓDIO 10: SHAKUNETSU NO KESHOUSEN
Começa a prorrogação, Os jogadores das duas equipes dão tudo se sí. Tsubasa e Hyuga animam suas equipes... Nos últimos minutos, Tsubasa marca o gol da vitória do Nankatsu que se torna o campeão nacional...

EPISÓDIO 11: SAYONARA ROBERTO

Depois da vitória de Tsubasa no campeonato nacional, Matsumoto, a recrutadora da escola particular Toho vem ver Tsubasa e lhe faz uma oferta. Tsubasa fica surpreso ao saber que Hyuga vai jogar para o Toho na temporada seguinte. Se surpreende também ao saber que Misaki vai viajar com seu pai para a França e que Wakabayashi vai jogar na Alemanha. Tsubasa se sente só, e vai lhe ensinar un novo chute tiro. Este lhe explica que precisará deste tiro algum dia, então Roberto volta ao Brasil...

EPISÓDIO 12: ASU E NO KICK-OFF

Tsubasa joga sua última partida para o Brancos (São Paulo), no Brasil, e recorda os anos da escola primária. Seu encontro com Ishizaki depois de ter entrado na escola Nankatsu, seu primeiro duelo com Wakabayashi, sua amizade com Misaki com quem forma a dupla de ouro do Nankatsu, seus encontros com rivais como Hyuga, Misugi, Wakashimazu no campeonato nacional, e obviamente todos os conselhos de Roberto...

EPISÓDIO 13: ARASHI NO TIGER SHOOT
O time do Nankatsu ganhou o Campeonado nacional dois anos seguidos, e os jogadores se preparam para ganhá-lo uma terceira vez. O Toho, comandado por Hyuga perdeu os dois últimos anos na final diante a equipe de Tsubasa, e Hyuga deseja vingar-se. No entanto, a relação entre Hyuga e seu treinador atual, o treinador Kitazume, se endurece, em sua visão do futebol se diferem cada vez mais. É nesse momento que reaparece o treinador Kira, antigo treinador de Hyuga quando estava no Meiwa...

EPISOÓDIO 14: JITO KARA NO CHOUSENJYOU

O último campeonato nacional que Tsubasa vai participar começa. Tsubasa está inquieto ao ver que Hyuga não joga com o Toho. Nankatsu vai jogar seu primeiro jogo contra o Hirado do gigantesco Hiroshi Jito. Este faz marcação pessoal em Tsubasa com um estilo muito agressivo, acaba até machucando seu ombro, mas Tsubasa consegue vencer...

EPISÓDIO 15: YUKIGUNI NO ATSUKI 10 BAN
Tsubasa lesiona o ombro na primeira partida, mas o Nankatsu consegue cheagar até as semifinais. Jogam uma partida muito difícil frente ao Furano, comandado por Matsuyama. Diferente das outras equipes, o Furano joga um futebol coletivo sem basear-se nas individualidades, Matsuyama mostra-se um jogador muito digno pois quando percebe que Tsubasa vai cair em cima do ombro lesionado, ele se joga para amortecer a queda do capitão do Nankatsu. Depois de um jogo difícil, o Nankatsu consegue vencer...


EPISÓDIO 16: MUNEN NO DOCTOR STOP
O estado do ombro de Tsubasa piora depois da semifinal contra o Furano e seu médico lhe proíbe de jogar a final.. Wakabayashi vem visitar Tsubasa, sua equipe se encontra no Japão para un período de práticas. Wakabayashi leva Tsubasa ao doctor designado do clube alemão, o doutor Stein, muito conhecido no mundo do esporte...

EPISÓDIO 17: KISSEN ! NANKATSU VS TOHO

O doutor Stein permite que Tsubasa jogue só um tempo da final. Hyuga e seus companheiros se colcam de joelhos e suplicam ao treinador Kitazume que deixe Hyuga jogar a final contra o Nankatsu. Kitazume reintregra Hyuga ao time. O jogo começa, Hyuga entra em campo mas Tsubasa não...

EPISÓDIO 18: SHONEN NO DRIVE SHOOT

O primeiro tempo acabe em 3 a 0 para o Toho... No segundo tempo Tsubasa entra e consegue empatar em 3 a 3, mas o Toho faz mais um gol e o jogo está chegando ao final, conseguirá Tsubasa empatar
mesmo com o ombro ferido...

EPISÓDIO 19: YOMIGAERE ! TSUBASA !
Tsubasa iguala no final do segundo tempo, mas cai inconsciente devido as sua lesões. Se recupera na sala do doctor, e volta a jogar a prorrogação apesar da proibição do médico. Hyuga está impresionado com a coragem de Tsubasa. Os dois times dão seu máximo mas o jogo termina em 4 a 4 e ambos se consagram campeões...


Road To Sky

EPISÓDIO 20: SHIDO ! NIPPON JR. YOUTH !
Tsubasa mostrou um bom nível durante o campeonato nacional e foi selecionado para a equipe japonesa com seus rivais como Hyuga, Matsuyama etc...Porém Tsubasa não pode jogar devido a sua lesão. Ele observea como os companheiros se preparam, e espera oder participar do treinamento. Mas seu nome não está na lista dos que vão viajar para a França para jogar o mundial sub-16, mas depois que curar o ombro poderá disputar o mundial...

EPISÓDIO 21: KUTSUJOKU NO ENSEISHIAI
Para o primeiro jogo de preparação na Europa, a seleção japonesa enfrenta o Grunwald (Hamburgo FC) de Wakabayashi. O Japão é incapaz de fazer-lhe gols. Além disso, Schneider marca 3 gols no primeiro tempo. No segundo tempo, Tsubasa aparece. Está curado do ombro, e parece preparado para jogar. Mas, o treinador Mikami explica que não pode utilizar Tsubasa nesta partida, então o Japão perde por 5 a 1...


EPISÓDIO 22: EIKO NO SEBBANGO 10
O time japonês tinha marcado um jogo amistoso com a Itália, mas diante da goleada sofrida para o Hamburgo, os italianos cancelaram o jogo porque seria uma perda de tempo jogar com uma seleção tão fraca, Tsubasa se aborrece e enfrenta sozinho a equipe italianda e marca um gol usando seu Drive Shoot no grande goleiro Gino Hernandez. Sua lesão está curada e está pronto para jogar o próximo jogo com a camisa 10 do Japão...

EPISÓDIO 23: GOLDEN COMBI FUKKATSU !
Katagiri visita Misaki, que vive em París desde que partiu de Nankatsu com seu pai. Misaki está no meio de um duelo com Pierre, o capitão da França, Katagiri lhe propõe jogar para a seleção japonesa, no entanto Misaki não está seguro. Tsubasa o encontra e Misaki fala com Tsubasa sobre sua insegurança, e decide unir-se ao grupo. Com sua Golden Combi, o Japão começa o mundial juvenil da França...

EPISÓDIO 24: ITALIA NO SHUGOSHIN

O Japão joga sua primeira partida contra a Itália. Os japoneses sofrem para marcar contra Gino Hernandez, e até tomam um gol. No entanto, Misaki entra em jogo, e graças a combinação Tsubasa-Misaki, o Japão empata. Os italianos utilizam uma estratégia defensiva, comandados por Hernandez, e o tempo passa sem que ninguém marque... Nos últimos minutos, Hernandez defende um tiro de Tsubasa, mas Hyuga pega o rebote e marca o gol da vitória...

EPISÓDIO 25: TENSAI JUAN DIAZ

O próximo jogo do Japão é contra a Argentina. O Japão deve ganhar este jogo para continuar no torneio, mas Diaz marca 3 gols para a Argentina. Tsubasa reorganiza o time e o Japão vence o jogo...

EPISÓDIO 26: KARENARU SHIREITO
O Japão enfrenta a França na semifinais. O Japão abre o marcador mas Pierre empata. Soda recebe um crtão amarelo por brigar com Napoleón. Pierre inicia um ataque mito perigoso e lança para Napoleón. Soda tenta bloquear, mas acerta o atacante francês. O árbitro expulsa Soda e marca pênalti para a França, Tsubasa reclama da expulsão...

EPISÓDIO 27: TSUKON NO YELLOW CARD

Tsubasa protesta contra a decisão do árbitro e recebe cartão amarelo. Pierre marca de penalti, e os japoneses estão com um a menos. No entanto, o árbitro parece favorecer a França e anula três gols do Japão. A situação piora, os franceses marcam antes do fim do primeiro tempo. Tsubasa está inquieto, mas se lembra dos conselhos de Roberto...

EPISÓDIO 28: HOKORI TAKAKI PK SEN

Durante o jogo, Wakashimazu lesiona a mão direita. Os japoneses se lançam ao ataque, e empata o jogo. O jogo vai para os pênaltsi. Hyuga, Matsuyama, Misaki e Misugi anotam. Wakashimazu bloqueia o chute de Napoleón, lesionando-se ainda mais. Tsubasa marca e põe o Japão na final...

EPISÓDIO 29: KESSEN ! NIPPON VS DEUTSCHE
O Japão enfrenta a Alemanha de Shneider na final. Wakashimazu não pode jogar devido a sua lesão e Wakabayashi jogará. Do outro lado, um misterioso goleiro Dieter Müller, em sua estréia pela Alemanha. Tsubasa, Nitta, Izawa e Hyuga desafiam o goleiro, para surpresa de todos, ele defende todos os tiros...

EPISÓDIO 30: ROBERTO KARA NO DENGEN
Acaba o primeiro tempo e os japoneses buscam uma maneira de marcar. Katagiri dá uma mensagem a Tsubasa mandada por Roberto "página 52". Durante o jogo, Tsubasa efetivamente lembra da mensagem e se dirige para por o jogo a favor do Japão...


EPISÓDIO 31: KAGAYAKE ! NIPPON DAIHYO
Hyuga recebe um passe de Tsubasa e marca com um Neo Tiger Shoot, o que volta a dar a vantagem ao Japão. Mas, Snheider empata. Depois de uma grande luta Tsubasa consegue vencer Schneider e Müller com uma bicicleta espetacular, assim o Japão se trona campeão munsdial sub-16. No final Tsubasa reencontra seu mentor Roberto Hongo que o convida para ir ao BRasil para se tornar um profissional...

Road To Victory - Parte 1

EPISÓDIO 32: ARATANARU PINCH HE
Tsubasa ganha o mundial juvenil com o Japão e vai para o Brasil. Passa por uma seleção para entrar no Brancos FC, dirigido por Roberto Hongo. Outro aspirante, Pepe, não trata bem Tsubasa porque este tem chuteiras novas. Pepe sonha ganhar a vida como jogador profissional, e não aceita a Tsubasa, que vem de um país rico, mas na seleção os dois combinam bem e se tornam amigos...

EPISÓDIO 33: SOCCER CYBORG
Tsubasa se converte em titular do Brancos FC e jogar contra Carlos Santana, do Domingo. Tsubasa marca o primeiro e explica a Santana que a bola é sua amiga, o que aborrece Santana que não tem a mesma opinião. Ele empata e mostra Tsubasa suas habilidades. Tsubasa fica impressionado com o talento do brasileiro mas desaprova sua freiza...


EPISÓDIO 34: KAMI NOKO SANTANA
Santana recorda sua infância durante a partida. Santana era um garoto normal, apaixonado pelo futebol, mas depois da morte de seus avós, foi adotado por um presidente de um clube, o Sr. Bara, que quería facer delel um "Soccer Cyborg", uma máquina de fazer gols, desde esse momento desenvolveu seu talento para o futebol mas apagou seu lado humano...

EPISÓDIO 35: ROSARIO NO KAGAYAKI
O "Soccer Cyborg", Santana, abandonou tudo para dedicar-se somente ao futebol. Mas com o passar do tempo durante o jogo contra Tsubasa, começa a perder a sua frieza. Leo, que cresceu con Santana, vê o comportamento de seu amigo mudar e espera que Tsubasa possa acabar com sua frieza. O jogo está nos últimos minutos, Tsubasa e Santana estão duelando para recuperar a bola... Tsubasa ganha com sua teoria que a bola é sua melhor amiga e junto ao time do Brancos FC vence o Domingo por 5 a 4. Leo promete a seu amigo Santana que voltarão a enfrentar Tsubasa, mas na revanche Tsubasa vence o que é seu último jogo no Brasil...


Road To Victory - Parte 2

Episódio 36: Yume ni mita shitenchii
O episodio começa no Brasil enquanto que Tsubasa e Roberto treinam. Tsubasa jogou sua última partida para o Brancos FC (São Paulo) durante o jogo aproveitou para marcar seu útimo gol com uma bicicleta.

Tsubasa havia se tornado um ídolo no Brasil, mas mesmo assim decide ir jogar na Europa. Tsubasa agradece com muito afeto por tudo que Roberto lhe ensinou e parte para a Espanha, no avião sonha com suas futuras partidas, uma em especial, contra Genzo Wakabayashi, ele se vê em um uniforme azul e vinho.
Sanae está no Japão, observa na TV uma publicidade de Hyuga para um sabão chamado "Tiger Shoot". Recebe então um telefonema de Tsubasa que está no aeroporto, ela lhe conta que Hyuga acaba de anunciar que será jogador do Piemonte (Juventus de Turín).

Saindo do aeroporto, Tsubasa vê um outdoor com com Rivaul levando a camisa do Catalunha (Barcelona), ele se dá conta que é a mesma camisa que sonhou e decide jogar no Barcelona.
Já no estádio, se imagina sendo aclamado no Camp Nou com fervor.
Um garotinho entra no estádio perseguido pelos guardas. Então perde sua bola que cai pelas escadas até Tsubasa que devolve com uma bicicleta. O garotinho faz amizade com Tsubasa, o leva para visitar o estádio e o campo de treinamiento do time B do Barcelona.
É um momento decisivo para Tsubasa que se encontra frente a 3 jogadores do time A que estavam desafiando os jogadores do time B. Estes três jogadores são Almieja (Brasileiro), González (Espanhol) e Fonseca (Portugués).
Tsubasa põe as chuteiras de um jogador do time B e se lança em direção aos três, e passa primeiro por Fonseca que utiliza sua técnica da serpente "Snake Mark" para deter Tsubasa, mas Tsubasa consegue escapar. Faz frente então a Almieja que lhe dá um carrinho. Tsubasa salta, Almieja tenta tirar a bola no ar, mas Tsubasa protege a bola utilizando seus dois pés para evitar que a roube.
Tsubasa se encontra então frente a González que se lança a toda velocidade. O choque é terrível, a bola fica noar e ambos jogadores saem impulsionados pelo impacto. Mas graças a sua vontade, Tsubasa consegue recuperar-se e marca de bicicleta.
Os jugadores do Barcelona ficam impresionados e felicitam ao jovem japonês que se dirige a a clínica para ver se está tudo bem. Mas poderá Tsubasa tomar o lugar de Rivaul, o melhor jogador do mundo?...

Episódio 37: Hyuga mirai eno chousen
Hyuga viaja para a Itália. No avião, Hyuga pensa em sua família que prometeu ganhar dinheiro para que tenham uma vida melhor, ao mesmo tempo vê uma revista e descobre que Tsubasa foi para o Barcelona. Chegando na Itália Hyuga visita a sala de troféus, depois os vestiários do Juventus com o nome das suas estrelas nos armários.
Hyuga descobre que o time está treinando, e logo quebra as regras e já vai treinar, chegando no campo, descobre que o treinamento está sendo dominado pelo holandês Willen (Edgar Davids). Imediatamente a rivalidade entre eles aparece já que o holandês testa Hyuga e o insulta falando mal do nível do futebol japonês. Hyuga não resiste e começa o duelo entre os dois jogadores.
O duelo termina com a vitória de Willen que comete uma falta sobre o Tigre. Hyuga faz crescer a rivalidade entre eles dando um soco no holandês.
De volta ao Barcelona, Van Saal (treinador) está no telefone com o técnico da Holanda, que pede notícias de Tsubasa, e que marcou um jogo amistoso contra o Japão que Katagiri acaba de propor.
Nos vestiários do Barça, Tsubasa se entera desta partida e também da briga de Hyuga.

Episodio 38: Kibouno golden age
Katagiri informa ao comitê da seleção japonesa que gostaria que Tsubasa, Genzo e o resto da equipe juvenil participe deste amistoso contra a Holanda, e termina dizendo que a equipe juvenil tem a oportunidade de brilhar em escala internacional, ao ganhar esta partida.
No Japão, em pleno Comitê de seleção. Katagiri apresenta sua lista, que é criticada violentamente pelo Presidente da federação. Este está de acordo em selecionar Misaki, Hyuga, Wakabayashi e Tsubasa mas não pensa que os outros tenham nível. Un homem, que permanecia calado até essa hora, toma a palavra para defender Katagiri. Se trata de Philippe Troussier, o técnico da seleção principal do Japão. Então o comitê convoca todos os jogadores da lista.
Em Shizuoka, Tsubasa se reencontra com seus antigos companheiros do Nankatsu no campo de treino, quando chega Wakabayashi. Então decidem jogar uma partida por prazer. Katagiri aparece para anunciar que todos estão convocados para o jogo contra a Holanda.
De volta a federação, Katagiri descobre que a Holanda se nega a enviar seus melhores jogadores para enfrentar o time juvenil do Japão. Katagiri vai imediatamente a Holanda.
Troussier dirige o treinamento da seleção japonesa quando é interrompido por um homem misterioso que parece connhecer, fala um pouco e logo o desconhecido vai embora. Em Amsterdam, Katagiri tenta convencer o Presidente da federação Holandesa mas não pode, nesse momento o telefone toca. O homem que viu a Troussier é na realidade o técnico da Holanda, tomando conciência do nível dos japoneses decide enviar seus melhores jogadores para esta partida. Então um misterioso novo jogador chega para integrar-se à seleção japonesa...

Episodio 39: Shingo Aoi shows up
Katagiri anuncia que um novo jogador vai integrar a seleção. Seu nome é Shingo Aoi. Shingo espera no vestiário da seleção, observa uma moeda e diz que fianlmente seu sonho se realizará...
Katagiri e Shingo chegam ao campo de treinamento da seleção, Katagiri apresenta Shingo aos jogadores, como um jogador do Lombardia (Inter de Milão). Ninguém o conhece. Então Aoi toma a palavra e diz que quando há luz verde (Aoi Shingo significa Luz verde em japonês) nada pode deter Shingo Aoi. Shingo estende a mão a Tsubasa, mas este é cercado pelos jornalistas que querem entrevistar as superestrelas japonesas e deixam de lado o pobre Shingo.
Os jornalistas cercam, em particular Wakabayashi, o que irrita a Wakashimazu que vai ver a Troussier para perguntar quem será o goleiro titular. Troussier lhe responde que será Wakabayashi. Irritado, Wakashimazu volve ao campo de treinamento para anunciar a seus companheiros que não tem oportunidade de ser titular e diz que vai deixar a seleção. Shingo tenta dete-lo, mas Wakashimazu não o escuta. Hyuga tenta então de forte maneira efetuando um Tiger Shoot em direção à Wakashimazu. Este detém com apenas uma mão impressionado a todos. Wakashimazu com um pequeno sorriso abandona a seleção.
Por ordem de Tsubasa os japoneses reiniciam o treino durante o qual Shingo sempre admirador de Tsubasa, lembra de seu primeiro encontro em um jogo entre Nakahara e Nankatsu na qual o Nankatsu venceu por 11 a 2. Ao final do jogo Tsubasa havia felicitado Shingo (número 12 do Nakahara) por sua boa técnica. Esse foi o momento em que Shingo decidiu ganhar a copa do mundo com o Japão e para isso seguiu para a Itália.
Observando o treinamento, Wakashimazu conversa com Katagiri que lhe conta a história de Shingo (viajou para a Itália muito jovem e passou momentos muito difíceis antes de conseguir entrar no Inter de Milão). Wakashimazu fica impressionado com a história de Shingo.
Mais tarde, Aoi consciente de seu baixo nível decide treinar pela noite, então aparece Wakashimazu que treina junto com ele. Tsubasa se lembra então do dia que partiu para o Brasil. Shingo havía vindo se despedir no aeroporto e nesse momento deu a moeda que Aoi usa como amuleto.
O dia seguinte de volta ao treinamento Wakashimazu se uniu ao time denovo. No treino, Tsubasa duela com Aoi e vence então Tsubasa diz que se lembrou do número 12 do Nakahara. O episódio termina com a chegada dos Holandeses ao Japão...

Episódio 40: New comer - Japan delegation
Vai começar o amistoso entre Japão e Holanda no estádio de Yokohama. O Japão vai jogar com:
Wakabayashi; Ishizaki, Matsuyama, Jito, Soda; Misaki, Sawada, Tsubasa, Taki; Nitta e Hyuga.
Shingo e Misugi estão no banco. O jogo será transmitido para todo o mundo, no Brasil, Roberto Hongo assiti a partida em um bar.
A partida começa com o Japão no ataque, Tsubasa está na entrada da área, passa por um rival, e logo toca para Hyuga que lança um Tiger Shoot, o zagueiro defende se colocando no caminho da bola.
Misaki recupera mas perde a bola para o zagueiro que lança a Willen que contra-ataca com todo a velocidade, se desfaz de Misaki e Soda, logo passa a bola para evitar Jito, a Holanda chuta mas Wakabayashi defende, mas quando o Japão está com a bola a Holanda rouba rapidamente. Willen chuta e Wakabayashi espalma e no rebote o nº 9 da Holanda abre o marcador.
O jogo reinicia sempre dominado pela Holanda que são mais fortes e rápidos. Só as defesas de Wakabayashi, e algumas jogadas de Tsubasa impedem os holandeses de marcar o segundo gol. Hyuga perde a bola para Willen enquanto que Tsubasa fica impresionado diante do futebol da Holanda. O episódio termina com a possível entrada de Shingo e Misugi.

Episodio 41: Destroy Dutch's Wall
Nos vestiários, Troussier decide uma nova estratégia: Misugi entra no lugar de Soda. O jogo reinicia, Tsubasa recupera a bola e se lança ao ataque, mas se vê cercado e passa a Hyuga que perde para Willen, este inicia o contra-ataque que termina com um impedimento criado por Misugi que antecipou o passo holandês e adiantou a defesa.
Misugi reinicia lançando a Hyuga, que frente a frente com Willen passa a Tsubasa que combinando com Hyuga passa pelos holandeses e chuta, mas o tiro é facilmente defendido pelo goleiro.
Troussier coloca Aoi no lugar de Taki. Com a bola, Aoi se lança ao ataque mas é peseguido por todo o campo pelos holandeses. Fianlmente Willen o detém com um golpe no ombro, Shingo se recupera e vai enfrentar Willen para roubar a bola, Aoi cai ao se chocar com o holandês, mas para a surpresa de todos (até dele mesmo), Shingo fica com a bola.
A "golden combi" Tsubasa/Shingo aparece, mas os holandeses voltam a sair, o chute de Willen é bloqueado por um"ganmen block" de Shingo. O jogo está quase no fim e é o último ataque do Japão. Decidido a empatar, Tsubasa elimina Willen com a "Santana turn", e efetua um "Drive Pass" para Hyuga que faz um passe de cabeça para Shingo, tirando o goleiro, então Aoi dá uma cabeça da na bola e entra no gol junto com ela. A partida termina com o resultado de 1 a 1.

Episódio 42: Starts forward the World Again
O jogo acaba em Yokohama, nos vestiários, Tsubasa diz que esse empate teve um sabor de derrota, pois os holandeses dominaram os japoneses fisicamente e técnicamente. Troussier diz que os japoneses devem melhorar se quiserem chegar a um alto nível mundial, então todos decidem se esforçar para melhorar e chegar a um alto nível, para que possm ganhar a copa do mundo.
Tsubasa recebe um telefonema de Manabu. Que lhe informa que é ajudante de um professor de Educação física e lhe propõe levá-lo ao Hawai para trabalhar em sua condição física. Tsubasa aceita com alegría ja que se sintiu inferior aos holandeses e tem que treinar. Enquanto isso, Hyuga, Wkashimazu e Takeshi vão a Okinawa para treinar com seu antigo treinador Kira Kozo.
No Hawai, Tsubasa treina duro em companhía de Sanae. Tsubasa impressiona ao professor por sua resistência. Em Okinawa, Kira diz a Hyuga que ele amoleceu e deve começar desde o zero. Para isso lhe entrega uma bola de tê
nis.
Tsubasa treina cada vez mais duro, Manabu diz que com o treinamento Tsubasa vai ter um equilíbrio completo esquerdo e direito por igual.
Em Hamburgo, Schneider vem propor a Genzo para ir jogar no Bayern. Genzo se nega já que sente afeto pelo Hamburgo, Schneider lhe diz que Levin e Sho serão atacantes do Bayern Munich. Genzo diz que defenderá tudo, incluindo o "Fire Shoot".
Hyuga treina chutando a bola de tênis para fazer cruzar uma cachoeira. Volta a ver Kira e este lhe diz que o tigre pode voltar para a Itália... No Hawai, o professor anuncia que Tsubasa teve um grande progresso e pode voltar para Espanha...

Episódio 43: An Eagle of Catalunya
En Barcelona, Tsubasa está treinando quando aparece Rivaul que faz uma entrada impressionante saltando uma grade.
Uma grande delegação de jornalistas exclusivamente japoneses vem investigar todos os acontecimentos no Barcelona.
Os 3 defensores do Barcelona (Almieja, González e Fonseca) advertem a seus companheiros que tomem cuidado para que Tsubasa não conquiste suas posições.
O treinamento começa oficialmente, e estádio abre suas portas para os jornalistas que viermam cobrir o treino e o evento que é a presença de um japonês neste grande clube. Para surpresa de todos, se vê Tsubasa de joelhos frente a Rivaul no campode treinamento justo antes de cair e desmaiar.
Em Turín, Mazzantini, o preparador físico do clube, diz que Hyuga tem um desequilíbrio ao jogar sobre seus 2 pés (tudo está concentrado do lado direito). . Hyuga, seguro de seu nível não aceita estas críticas e briga com Mazzantini.
Então chega o técnico do Juventus. Hyuga deixa Mazzantini e este explica o problema ao treinador. O treinador chama a Hyuga, e pede que se acalme, logo para tranquilizá-lo lhe explica que o equilibrio não é grande problema e puede solucionar-se e que tem muita confiança em sua capacidade.
Em Barcelona, os jornalistas estão impacientes pelo que aconteceu com Tsubasa. Na emfermaria do clube, Tsubasa explica ao médico que recebeu uma cotovelada de Rivaul...
Tsubasa já recuperado, decide voltar ao treinamento com seus companheiros. Chega ao campo de treinamento e faz a mesma entrada que Rivaul: saltar por cima da grade...

Episódio 44 : Running to a Prologue
No campo de treinamento do Barcelona, começa uma partida entre os titulares liderados por Rivaul e os reservas liderados por Tsubasa. Logo começa um grande confronto duelo entre Rivaul e Tsubasa, mas Rivaul, graças a sua técnica domina Tsubasa que não desiste e obriga Rivaul a usar suas melhores técnicas para tentar vencer Tsubasa. Os jogadores de Barcelona ficam impressionados com a grande habilidade de Tsubasa...
Rivaul felicita Tsubasa e lhe diz que deve segui-lo e copiá-lo para converter-se no melhor. El partido se detiene para dejar a los jugadores recuperarse. Tsubasa vê então a Katagiri que assitiu a partida desde o início. Katagiri está impressionado pelo nível de Tsubasa.
Enquanto isso na Bundesliga (Liga Alemã), o Hamburgo enfrenta o Werder Bremen de Victorino, Margas e Schester. O Werder domina, mas o SGGK Wakabayashi consegue manter o resultado de 0 a 0. Com um contra-ataque, o Hamburgo consegue finalmente marcar 1 a 0. Schester lança um último ataque mas Genzo defende e garante a vitória do Hamburgo. Na Espanha, Tsubasa treina entre os titulares...

Episódio 45: A cruel Statement
Tsubasa joga em diversas posições. Todos os jogadores do Barcelona ficam impressionados por Tsubasa, já que se adapta bem a todas as posições.
En Turín, Hyuga treina com o Juventus e prova que tem nível para jogar na Itália.
Mais tarde em Barcelona, Tsubasa vai até a sala do treinador, e este lhe pergunta em qual posição Tsubasa quer jogar. Tsubasa, depois de lembrar todas as posições que já jogou, decide que quer jogar como meia-ofensivo, com a número 10.
A noite, Rivaul convida Tsubasa para jantar em sua casa. ao final da noite a mulher de Rivaul diz que Tsubasa é muito parecido com ele quando era jovem e que podem ser grandes amigos. Rivaul lhe diz que para ele Tsubasa é mais um adversário do que um companheiro...
No dia seguinte,os jornalistas descobrem que Hyuga poderá ser titular na Itália, ao mesmo tempo o porta-voz do Barça anuncia que o treinador vai anunciar a situação de Tsubasa. Enquanto isso, Tsubasa e o treinador conversam, e o técnico diz que Tsubasa jogará como meia ofensivo mas no time B do Barçelona...

Episódio 46: Cross the Bridge of Hope
O treinador anuncia aos jornalistas que Tsubasa jogará no Barcelona B da segunda divisão, diz que prefere que ele se desenvolva no time B do que tê-lo no banco do time A, diz também que Tsubasa se unirá ao time A só se fazer 10 gols e 10 assistências durante a temporada.
A notícia tem grande repercussão e Tsubasa começa a receber propostas de outros grandes clubes da Europa. Mas Tsubasa decide continuar em Barcelona. Tsubasa sai para fazer uma corrida, então encontra o médico do Barcelona, que lhe mostra o estádio reserva do Barça, o "Mini Estádio" e o "Camp Nou". Se pode ver uma ponte que conecta o Mini Estádio e o Camp Nou. O doutor explica a Tsubasa que esta ponte se chama "a ponte da esperança" já que cada jogador do time B espera um dia cruzá-lao para ir a jogar no timeA. O doutor lhe pede para fica no Barcelona.
Tsubasa vê então os jovens jogadores de Barcelona B jogando, con isso recupera suas esperanças e decide realizar os 10 gols e as 10 assitências.
Na Itália, Hyuga aproveita o último amistoso da Juventus para anotar um gol e mostrar a seu entrenador que tem o nível para jogar na serie A. Diante disto o treinador decide que Hyuga será tiular...

Episódio 47: Hyuga's first game in Italy
Hyuga será titular no jogo da Juventus de Turín contra o Parma. A senhorita Matsumoto, Katagiri e Kira Kozo assitem ao jogo.
Em Barcelona, Tsubasa mostra todo seu talento ao time B.
De volta a Turín, começa o jogo contra o Parma AC, a Juventus domina o jogo, mas Hyuga é muito marcado pelos jogadores do Parma. Mas Hyuga, mesmo desequilibrado, consegue passar a um companheiro que chuta e marca, mas o árbitro anula o gol e marca impedimento.
A Juventus recupera rapidamente a bola e Willen passa a Hyuga que é broqueado pelo zaguerio. A Juventus recupere e passa a Hyuga que passa pelo zagueiro e chuta...

Episódio 48: The Crying Player

A bola bate na trave, o jogo segue e Hyuga continua sendo muito marcado, e o jogo fica muito difícil. Ele tenta inúmeras vezes de todas as formas mas não consegue se livrar da marcação. Então, o treinador manda os reservas para o aquecimento, Hyuga percebe que esta é sua ultima oportunidade, pega a bola e dispara um Raiju Shoot que o zagueiro recebe no peito, e cai no solo, Hyuga se prepara para um segundo Raiju Shoot. Mas o zagueiro, se apóia no chão e tira de Hyuga no momento do chute, destruindo sua última chance.
Então Hyuga é substiuído, O zagueiro vê com surpresa as lágrimas nos olhos de Kojiro decepcionado de não estar ao nível do resto. No banco da Juventus o preparador físico consola o jovem jogador, e lhe diz que trabalharão duro para convertê-lo em um jogador da serie A.
No dia seguinte, enquanto que a Juventus venceu por 1 a 0, o preparador físico desaprova a atitude do treinador. Enquanto os dois discutem, chea a senhorita Matsumoto e diz que Hyuga desapareceu. Em Barcelona, Tsubasa examina o gramado do estádio reserva do Barcelona, também se encontra com o jardinero do estádio. Esse dia, Kojiro chega ao estádio.
Para grande surpresa de todos os espectadores, Tsubasa efetua um Flying Drive Shoot depois do ponta pé inicial marcando nos primeiros segundos do primeiro tempo.
Se reinicia o jogo, Tsubasa rouba a bola e marca de voleio. Depois de menos de dois minutos de jogo, o Barça vai ganhando por 2 a 0...

Episódio 49: Goal 10 scores and 10 assists
Em Barcelona, Tsubasa joga pelo time B, o treinador do time A e Rivaul estão assitindo o jogo, o Barcelona B vence por 10 a 0, Tsubasa faz 6 gols e 4 assistencias.
Hyuga, que veio ver o jogo, diz que se quer chegar ao nível de Tsubasa deverá treinar muito intensamente. Genzo telefona para Tsubasa e fica sabendo de que ele brilhou em sua partida. Genzo está satisfeito e sente uma motivação extra para seu próximo jogo que srá contra o Bayern Munich de Schneider, Sho e Levin.


Episodio 50: Fight The Old Enemy
Estamos em Munich onde a partida entre Hamburgo e Bayern vai começar. Neste jogo se enfrentam Kaltz e Wakabayashi contra Levin, Sho e Schneider.
O jogo começa Schneider rouba a bola, passa por 3 jogadores e usa o Fire Shoot. Mas Wakabayashi consegue defender.
Wakabayashi sorri e se aproveita da surpresa de Schneider para efetuar um lançamento largo que chega na entrada da área rival, Kaltz recebe e marca de voleio. O jogo segue, os jogadores do Bayern realizam seus tiros especiais, mas Genzo defende todos.
Schneider sabe que só ele pode marcar, mas tem a marcação de Kaltz. Os dois jogadores se recordam dos velhos tempos, do dia em que Wakabayashi recusou a oferta de fazer parte da seleção alemã para jogar com o Japão. Ao conversar Schneider leva pouco a pouco Kaltz perto do gol. Então faz um duelo de velocidade pura que é venciso por Schneider.
Schneider usa o non-Fire Shoot. Wakabayashi anticipa e consegue se apoderarda bola mas se choca violentamente com Sho e Genzo se golpeia no poste do gol. Genzo se recupera e prova que é o goleiro número 1 do mundo. Assim acaba o primeiro tempo.
Para o segundo tempo. Bayern Munich começa com um jogo de passes. Depois das jogadas de Levin e Sho, Schneider lançar um Fire Shoot e iguala.
Kaltz comete uma falta sobre Schneider e é expulso.
O Bayern domina todo o final da partido. Mas Wakabayashi é imbativel, detém o último Fire Shoot de Schneider. Em um último contragolpe acontece uma falta para o Hamburgo, extrnhamente quem cobra é Wakabayashi. O tiro é realizado com arrogância, mas Sho aparece e tira a bola em cima da linha. A bola chega até Schneider lança ao gol sem goleiro e vence o jogo...

Episódio 51: The Dream Field
Em Barcelona, Tsubasa disputa seu segundo jogo pelo Barcelona B, soma 10 assistências e 9 gols. Só falta um gol para Tsubasa passar ao time principal. Um de seus companheiros lança e com uma magnífica bicicleta Tsubasa marca o gol que o levará ao time principal.
O treinadoir do time principal, reconhece o talento de Tsubasa e diz que estará no time principal no próximo jogo.
Carlos Santana é contratado pelo Valencia, Santana diz que o seu maior rival não será Rivaul mas sim Tsubasa.
Van Saal anuncia ao conselho de administração do Barcelona que decidiu promover Tsubasa ao time A, nesse momento, Tsubasa enterado da notícia, ele volta ao lugar que que se encontrou com o Doutor quando foi rebaixado para o time B.
O técnico do Barça diz a Tsubasa que deve preparar-se para jogar contra o Valencia, mas será substituto neste jogo.
No dia do jogo, Santana está surpreso por não ver Tsubasa entre os
titulares.. Tsubasa está se preparando, determinado a entrar o mais pronto possível.
A primeira ação do jogo é o confronto entre Rivaul e Santana. Rivaul ganha o duelo, mais tarde se vê novamente frente à Santana, e novamente Rivaul vence
.
Logo, Rivaul marca de bicicleta depois de receber um lançamento. O Valencia reinicia, Santana passa por 3 jogadores e cerca a entrada da área rival onde o espera o trio defensivo do Barça. Santana evita a todos. Pode então disparar e marca o gol do empate.
O técnico do Barça pede para que Tsubasa se prepare.
No campo, em uma disputa entre Rivaul e Santana os dois caem no solo, e naqueda Rivaul se machuca.
Santana vai imediatamente ao ataque, evita dois jogadores, logo engana aos zagueiros e passa a um companheiro, que com um voleio confunde o goleiro do Barça. O Valencia está vencendo e Tsubasa vai entrar...

Episódio 52: The Warriors of the Field
Rivaul sai lesionado, Tsubasa ventra em campo e se encontra então cara a cara com seu rival de sempre, Carlos Santana.
Roberto se comove com o progresso de Tsubasa durante os anos. A torcida reconhece o jogador que fez 10 gols e 10 assistências em 3 jogos e decide apoiar Tsubasa.
Ao reiniciar, Santana recupera a bola e se lança ao ataque. passa pela defesa e dispára mas Tsubasa salva de cabeça.
O Barça arma o contra-ataque, a bola chega em Tsubasa que se prepara para chutar, então aparece Santana, Tsubasa muito veloz, passa a seu companhiero que é bloqueado, este devolve a Tsubasa que de voleio empata em 2 a 2...
Rivaul vendo as habilidades de Santana e Tsubasa decide participar da Copa do Mundo com o Brasil..
Em Turín o marcador está 0 a 0 em um partida da serie A entre Juventus e Inter. O treinador da Juventus pede a Hyuga para entrar faltando 5 minutos. Hyuga toma rápidamente a bola e se lança em combinação com Willen. Graças a seu trabalho físico resiste a defesa italiana para usar seu Raiju Shoot que atravessa as redes. É o seu primeiro gol na Itália.
Segue então uma sequencia onde se vê Genzo na Alemanha, Misaki em París e Shingo na Itália. Todos fazem suas malas rumo ao Japão para participar da copa do mundo.
Em uma coletiva de imprensa, Tsubasa declara que seu objetivo é ganhar a copa do mundo. Então a história chega ao estádio de Yokohama onde vai haver uma partida da Copa do mundo, o comentarista anuncia o nome dos jogadores japoneses, Tsubasa, Misugi, Genzo, Taro, Shingo...
Então os jogadores entram em campo, a equipe enfrentará o Brasil com seu técnico Roberto Hongo, e seus jogadores Rivaul, Santana, Pepe e Leo. O jogo inicia e o episódio termina e a série Road to 2002 também...

Fim?...

SUPER CAMPEÕES-PARTE 3

A História de Shingo Aoi

Shingo Aoi enfrentou Tsubasa nas ligas infantis, ele jogava no Nakahara e na partida Shingo passa por muitos jogaodres como Taki, Takasugi, Kisugi, Izawa e finalmente faz um duelo com Tsubasa que facilmente lhe rouba a bola mas o lesiona, o Nankatsu vence por 11 a 0, mas no final Tsubasa lhe pede desculpas e lhe diz que é grande jogador. O identifica como o número 12 da escola Nakahara. Anos depois quando Tsubasa está no aeroporto a ponto de embarcar para o Brasil, Shingo aparece para se despedir Tsubasa o reconhece como o número 12 do Nakahara, e lhe lança três moedas, um Dólar, um Franco e um Yen, que representam as copas do mundo de 94 nos EUA, 98 na França e 2002 no Japão juntamente com a Coréia. Então Aoi decide viajar para a Itália para se tornar um profissional, jogar em um grande time e assim poder fazer parte da seleção jponesa e jogar ao lado de Tsubasa. Quando chega à Itália as portas do aeroporto se abrem e há muitos fotógrafos que esperavam a seleção da Itália, e assim Shingo consegue ver Roberto Baggio. Shingo havia viajado para a Itália para viver com seu avô, mas ao chegar descobre que seu avô está morto mas a mulher da pensão onde ele morava o deixa ficar ali.
Na Itália primeiro tenta ingressar no AC Milan mas simplesmente o expulsam, logo tenta entrar no Inter de Milão mas também é expulso. Então um cara chamado Paulo fala para Aoi que ele pode entrar no time se der o seu dinheiro, Shingo acredita e é enganado e fica sem nada. Shingo conhece o Roupeiro que engraza as chuterias do time do Inter que o faz ter uma chance de entrar no time, Shingo aproveita a chance e consegue marcar um gol no golerio do time, nada menos do que Gino Hernandez e ganha um lugar no time, mas exceto Gino Hernandez, nenhum jogador do time gosta de Shingo, principalmente Carlo Mateo (a estrela) porque quando Shingo entrou no time seu amigo Romano teve que deixar a equipe. Nos treinamentos, os jogadores marcam Shingo muito forte, especialmente Renardo Gomez e Franco, também lhe mandam passes muito fortes que Shingo não consegue alcançar e assim ele não pode se destacar no time. Mas Aoi é persisitente e treina mais para melhorar seu físico e aumentar sua velocidade. Sua estréia é justo contra a equipe que o expulsou, o Milan de Teoraldo Contine, Tomás Gerdini e Simeone Toranto, Aoi entra no jogo faltando apenas oito minutos e consegue virar o jogo com dois gols e o a partida termina 2 a 1. Então Shingo ganha o respeito dos seus companheiros e se torna parte da equipe. Joga contra o Juventus de Salvatorre Gentile que está machucado mas decide jogar, de todas as formas Juventus vence por 3 a 2.

TSUBASA NO BRASIL

Tsubasa tem 18 anos e é o meio-campo São Paulo FC. Dirigido por Roberto Hongo cerca den tres anos melhorou muito, e para realizar um dos seus sonhos que é ser o número 1 no Brasil deve vencer o melhor jogador do CR Flamengo, Carlos Santana apelidado de "Soccer Machine". Este jogador brasileiro foi abandonado em um campo de futebol quando era criança, porque sempre estava perto do campo e era muito pobre, ama o futebol e graças a isto pôde sobreviver. No São Paulo, também se destacam Pepe que foi o primeiro amigo de Tsubasa no Brasil, Samuel, Jorghino, Gabriel Antonim, Leandro Pareira, Franco Sergio e Sandro León, e no Flamengo, também desta-se Luciano Leo.
O jogo começa, Tsubasa rapidamente se lança ao ataque, penetra na área, manda um passe, o São Paulo centra a bola para o atcante Lendro, mas ele está marcado, a bola fica no ar e Tsubasa marca com um overhead kick.O jogo segue, Santana se manda ao ataque e empata com seu "rolling overhead kick". O São Paulo se põe na frente com uma jogada de Tsubasa e seu "Fringe Drive Shoot". Santana tenta humilhar Tsubasa usando o seu Rolling Overhead kick para mostrar que é melhor que o Overhead Kick e empata com seu "Golden Eagle Shoot" que é um tiro de larga distância (para dizer que seu tiro é mais forte e largo). No duelo, ambos os jogadores estão muito equilibrados mas nos momentos finais. Tsubasa escapa de Santana passa para Leandro este lhe devolve e marca com um voleio (Jumping).
Tsubasa vence o campeonato Brasileiro com o São Paulo, no final fala com Santana lhe diz que deve aprender a jogar em equipe pois são 11 no campo...

OS SETE VERDADEIROS (REAL JAPAN 7)

A seleção japonesa se encontra treinando (sem Tsubasa) nestes três anos Jun Misugi se recuperou do coração e pode jogar normalmente. O treinador continua sendo Tatsuo Mikami, então subitamente aparecem sete misteriosos jogadores e um treinador, os jogadores se apresentan como Real Japan 7 (7 verdadeiros) formado por: GK: Misheiru Yamada; DF: Urabe Hanji e Yuki Sakaki; MF: Koji Yoshikawa e Nobuyuki Yomikura; FW: Ryoma Hino e Toshiya Okano. O treinador é Minato Gamo, que explica que a federação tinha preparado estes jogadores porque não acreditavam em sua seleção atual, os japoneses se revoltam e armam três equipes para enfrentar o RJ7.
O primeiro time é formado por por Hyuga, Nitta, Misaki, Takeshi, Matsuyama e Jito. Ao parecer o time mais forte do Japão. O jogo é disputado, Hyuga consegue marcar,mas o resto de seus tiros são defendidos por Yamada. Enquanto que a estrela do RJ7 Hino passa por todos incluindo Hyuga e marca. Yomikura marca com seu "Drive Shoot", Hino usa seu "Dragon Shoot". O jogo termina com a derrota do Japão por 3 a 2. No segundo time jogam Taki, Ishizaki, Kisugi, Kazuo, Mazao e Soda. Novamente a dupla Hino-Okano passa por todos e o jogo termina 5 a 0. O terceiro time é formado por Sorimachi, Izawa, Sano, Kishida, Takasugi e Misugi, que também são vencidos facilmente por 6 a 0. Mikami está incomodado pelo projeto secreto RJ7 e logo depois do último jogo sofre um infarto e tem que ser internado, e a seleção passará para as mãos de Minato Gamo. Este havia assegurado o posto de goleiro titular a Genzo, que se recupera de suas lesões, Ken escuta isto e se incomoda porque não importava o quanto treinasse teria que ser reserva, então abandona a seleção para treinar em um time da J-League. Por outro lado Gamo decide expulsar os seguintes jogadores da seleção temporariamente: Hyuga, Misaki (por depender de Tsubasa), os Tachibana (por depender um do outro), Nitta, Jito e Soda. Assim a seleção está desarmada...

JAPÃO VS CHINA TAI PEI

Tsubasa chega ao Japão, e encontra a seleção japonesa (os que sobraram) caídos no campo quase inconscientes, Tsubasa pergunta o que aconteceu, e Gamo lhe responde que eles treinaram muito forte físicamente para que estejam ao nível de seu capitão, Tsubasa pede a seus companheiros que se levantem, todos eles mesmo estando muito cansados se levantam, Tsubasa está surpreso de ver a Misugi, este lhe responde que já está bem do coraçãob e que poderá jogar o jogo inteiro. O ânimo dos japoneses levanta, Gamo está muito surpreso pela influência de Tsubasa em sua seleção.
O grupo do Japão nas eliminatórias será formada por Japão, China Tai Pei, Guam e Tailandia. O primero jogo é contra China onde se destacan: o capitão Schu Ilai, Lee Lowei, Sou Weifon e o goleiro Lee Teien. OJapão é formado pelos reservas do sub-16 e alguns novos nomes aparecem no banco:

Goleiros (GK): Yuzo Morisaki, Sasaki Kenta
Defesa (DF): Jun Misugi, Hikaru Matsuyama,Ryo Ishizaki, Shingo Takasugi, Takeshi Kishida, Nakayama Masao
Meio-campo (MF): Takeshi Sawada, Tsubasa Ozora, Mamoru Izawa, Honma Minoru
Ataque (FW): Kazuki Sorimachi, Mitsuru Sano, Teppei Kisugi, Hajime Taki, Oda Kazumasa

O jogo começa com um gol de longa distância da China Tai Pei, o Japão demora a reagir, o time está extremamente cansado e ferido devido aos fortes treinamentos. O único que corre é Tsubasa mas sozinho não pode fazer nada, Tsubasa pede a sua equipe que aguente a dor e jogue.
O jogo continua e não há muito tempo, Tsubasa tem a bola, dribla muitos rivais se vê bloqueado mas chuta a bola no ar e faz um Overhead Kick impresionante para dar o passe a Ryo Ishizaki que passa a Matsuyama que vem de trás e com um Eagle Shoot e empata. O gol da vitória vem seguidamente com um"Fringe Drive Shoot" de Tsubasa. Resultado final 2 a 1 para o Japão. O segundo jogo é contra Guam e o time japonês consegue vencer por um cômodo 4 a 0.

JAPÃO VS TAILANDIA

Antes da partida Gamo havía mandado uma carta à Itália convocando a Shingo Aoi para o jogo contra a Tailândia, Shingo fica sabendo da expulsão dos setes jogadores e decide viajar ao Japão.
A Tailandia é considerada um grande rival, é liderado por Shinpurasatto Bunnarku e os três irmãos Konsawatto (Faran, Chana e Sakun). Vários destes jogadores praticam o Kick Boxing tailandês onde se usa muito o chute. O Japão se arruma igual contra a China Tai Pei não há grandes mudanças, Genzo Wakabayashi se encontra no banco só que está machucado.

O Japão se forma com: GK: Morisaki; DF: Misugi, Ishizaki, Takasugi, Matsuyama; MF: Taki, Izawa, Kisugi, Tsubasa; FW: Sano, Sorimachi.
A Tailandia é formada por: GK: Muaina Huachaparon; DF: Muchauto Napa, Harawi Chauatana, Owairan Chachoi, Azumi Tarion; MF: Moza Chasemurui, Farata Sorumiyeto, Faran, Chana; FW: Sakun e Bunnarku.

O jogo começa e logo o Japão conseguer anotar o primeiro gol, mas os irmãos Konsawatto com uma técnica aérea parecida com a dos Tachibana anotam três vezes pois ganham todo jogo aéreo, e o capitão Bunnarku também marca com um potente disparo que intimida Morisaki. Tsubasa faz todo o possível mas é detido por Bunnarku que usa o Kick Boxing, chutando a bola contra Tsubasa mas ele o detém com o estômago e diz diz que no Brasil faziam isso muito e que estava acostumado com este tipo de jogo. O jogo segue e em um choque aéreo com Bunnarku, Tsubasa cai no chão com a cabeça sangrando e têm que ir para a enfermaria. As coisas não vão bem e o primeiro tempo está acabando, Shingo está preso no trânsito escutando o jogo dentro de um táxi. Quando chega encontra a equipe reunida e diz: " E aí galera, desculpe o atraso mas o Shingo está de volta!" e resto do time sobre tudo Ishizaki responde: Quem é ele?. Aoi entra com a número 20 e rapidamente pega a bola e vai de frente contra Bunnarku, que lhe tira facilmente mas quando se dá conta Shingo tinha ficado com a bola. Morisaki havia sido trocado por Genzo que mesmo machucado evita os disparos tailandeses mas não pode segurar a bola só rebatê-la.
Com Shingo, o Japão domina a partida completamente, rapidamente marca o 4-2 com um passe de Tsubasa, então o primeiro tempo termina. Aoi até chora de emoção por ter recebido um passe de seu herói. No segundo tempo brilha a combinação entre Shingo e Tsubasa, este lhe manda um passe que Shingo bate de voleio e marca. Logo Tsubasa vai fazer um "Drive Shoot" mas Bunnarku se põe adiante. Shingo lhe avisa que por trás vem Misugi e Tsubasa lhe manda um passe que é rebatido com um Drive Shoot de Misugi, el marcador esta empatado em 4 a 4. Nos últimos minutos Tsubasa lança para para Aoi que com um "Fringe Drive Pass" que está frente a Bunnarku, Shingo faz um Overhead kick curto, não salta quase nada, Bunnarku tenta bloquear mas Aoi é inteligente e chuta a bola contra o solo, passa por debaixo das pernas do grandalhão e é gol e o Japão faz 5 a 4 e consegue se classificar para a copa asiática.
Depois já de noite Tsubasa está ajudando Shingo a aperfeiçoar seu "Chotsukaku Tornedo Feint". No final Tsubasa volta ao Brasil onde treina parado com sua bola sobre alguns pedaços de madeiras sob o mar.

O FIM DO REAL JAPAN 7

Hyuga fala com Kira Kozo e este diz que naõ pode ajudá-lo pois Hyuga teria que subir de nível sozinho. Por isso viaja a Okinawa, ele treina em um campo de softball, e uma garota que se apresenta como Akamine Maki lhe pede que jogue Softball com ela, ela pratica seus lançamentos. Em um desses lançamentos faz um efeito especial na qual a bola vai rasnte ao solo e logo se eleva. Hyuga fica surpreendido e observa cuidadosamente como posiciona o corpo para fazer esta lançamento. Logo, Hyuga vai para as montanhas e começa a praticar seu novo tiro contra uma árvore. Sua meta é que a bola passe por baixo de uma placa e logo se eleve, para isso antes de tocar na bola toca também o solo. Finalmente o tiro sai perfeito quando um raio destrói a árvore onde estava treinando por isso o chama de "Rayju Shoot" ("Thunder Shoot"), também conhecido como "Thunder Beast Shoot". Parece que Hyuga e Maki sentem algo um pelo outro, e quando o onibus de Hyuga parte Maki sai correndo atrás dele, mas hyuga sai do onibus, se encontram e se abraçam.
É a hora da revanche contra o Real Japan 7, os expulsos chegam ao campo e Hyuga lhes reparte suas camisas. A partida contra RJ7 começa, o duelo principal é entre Hino e Hyuga. Cada jogador tem novas técnicas, Soda um "Kamisori Pass" com efeito ao lado contrário, Misaki seu "Back Spin Pass", os Tachibana a técnica do macaco com a qual cobrem a bola e Nitta o "Hayabusha volley". Todos marcam gols, Hino dribla grande parte do time e anota em um dos tachibana que estava como goleiro. Até que finalmente o japão vence no total por 10 a 2 e Gamo os aceita de volta e pede a Hino formar dupla com Hyuga, ele se nega dizendo que quer ser o AS Striker, e decide viajar ao Uruguay onde se criou para formar parte da seleção uruguaia e assim enfrentar novamente Hyuga no mundial sub-19. Assim fica pendente o duelo entre Hyuga e Hino, que conclui dizendo que no mundial verão quem é o melhor artilheiro do mundo (parece que ele não conhece nem Shneider, Santana, etc...)


O INÍCIO DA COPA DA ÁSIA

Depois de vencer a Tailandia, o Japão conseguiu se classificar para a copa asiática, donde os 3 primeiros colocados vão para o mundial sub-19. As 10 equipes participantes são reunidas em dois grupos, grupo A: Coréia do Sul, Kuwait, Síria, Iraque e Indonésia; grupo B: Japão, Arábia Saudita, China, Uzbekistão e UAE. :
O Japão chega com a eqipe completa com exceção de Genzo que não está 100% recuperado . O primeiro jogo é contra UAE e o Japão vence facilmente por 6 a 0.
O segundo jogo é contra Uzbekistão liderado pelo capitão Zangief. Todos os titulares estão em campo incluindo Shingo Aoi:

Japão: GK Wakabayashi, Misugi, Jito, Soda, Ishizaki, Tsubasa, Misaki, Aoi, Matsuyama, Hyuga e Nitta.
Uzbekistão: GK Crestof, Rugimov, Nazarov, Rarachenko, Yekin, Garin, Tetorov, Popov, Harin, Salenko e Zangief.

O Japão vence facilmente por 6 a 0 (no anime, esse jogo é mencionado em Captain Tsubasa J), mas no mangá o resultado é 8 a 1.

JAPÃO VS ARÁBIA SAUDITA

O terceiro jogo é contra a Arábia Saudita do príncipe Mark Owairan, seu pai é o rei York Owairan, Mark ou Maaka anda com seus seguranças e usa seu turbante como símbolo de realeza.
Na Arabia Saudita também se destacam o goleiro Diaiei, oa atacantes Fatara e Barkuan, eo treinador Jorge Perez. O jogo começa com o Japão no ataque logo Maaka intercepta e marca o gol. O jogo segue. Hyuga faz um gesto a Gamo indicando que vai usar seu novo chute.
Shingo consegue passar por Maaka com seu "Chotsukaku tornedo Feint" (ainda imperfeito), mas é derrubado antes de chegar à área e é falta, Misaki cobra com seu "Boomerang Shoot", chute que tem um esfeito boomerang e marca o primeiro.
Com o empate, entra um jogador na Arábia maior que Jito chamado Barukan (ou Balcan), adverte o time japonês que fará três gols. Mas o primeiro tempo termina em 1 a 1,
Katagiri deseja que Wakashimazu volte, já que ele poderia usar as mãos e recuperaria completamente para o mundial sub-19.
No segundo tiempo, Barukan (apelidado de Gênio, pela sua aparência) chuta a bola mas Wakabayashi defende e a bola vai a Tsubasa este passa por Barukan e Maaka, passa a Hyuga que usa seu "Rayju Shoot" que termina em gol. Depois Hyuga usa novamente o "Rayju Shoot", mas Barukan o intercepta com seu estômago. O chute de Hyuga é muito forte e entra no gol junto com Barukan. Depois Hyuga ainda marca mais um gol, então o Japão vence por 4 a 1, Hyuga consegue o Hat Trick. Mark Owairan dá seu turbante a Tsubasa em demonstração de respeito.

AS SEMIFINAIS

Para as semifinais se classificam duas equipes de cada grupo, pelo grupo A Coréia classifica em 1º e Iraque em 2º. Pelo grupo B Japão em 1º, Arabia Saudita em 2º.
O Japão joga contra o Iraque, o goleiro é Wakashimazu, que cedeu ao pedido de Katagiri e o Japão vence por 3 a 0.

A outra semifinal é entre Coréia e Arabia Saudita. A Coréia de Cha Inchon vence por 2 a 1.

A GRANDE FINAL DA COPA ASIÁTICA

A final é entre Japão e Coreía. Pelo Japão, Genzo não joga, e pela Coréia, Cha Inchon lesionado não joga. O Japão vence por 2 a 0 e conquista a copa da Ásia. Os classificados para o mundial sub-19 são: Japão, Coréia e Arábia Saudita.

INÍCIO DO MUNDIAL SUB-19

No campeonato mundial sub-19, participam 16 equipes de diferentes partes do mundo, que são divididas em 4 grupos. O mundial será disputado no Japão:

Grupo A:

Formado por Japão, Itália, Uruguai e México. O Japão vem completo, vejamos as outras equipes:
Itália: Tem entre suas estrelas o goleiro Gino Hernandez (Inter de Milão) e o líbero Salvatore Gentile (Juventus FC).
Uruguai: Tem sua estrela máxima
Ramón Victorino e o novato Ryoma Hino (meio japonês).
México: Suas estrelas são o goleiro Ricardo Espadas e seus companheiros os "Five Azteca Warriors" Suarez, Salaguza, Garcia, Robles e Alvez, que parecem ser uma grande combinação ofensiva.

Grupo B:

Formado por Alemanha, Suécia, Colombia e Estados Unidos.
Alemanha: Mantém a mesma equipe do sub-16, com sua estrela Karl Heinz Schenider (Bayern de Munich). Também destacam-se o goleiro Müller, Margus, Schester e Kaltz.
Suécia: Liderado por Stefan Levin. Sues companheiros são Larsson, Fredericks e Brolin; os quatro são chamados de "Four Knights of the White Night" (Quatro cavaleiros da noite branca).
Estados Unidos e Colombia: Não se diz muito dessas equipes.

Grupo C:

Formado por Argentina, Holanda, Coréia do Sul e Ghana.
Argentina: Volta com sua estrela Juan Diaz e Alan Pascal.
Holanda: Liderado por Brian Cryuffort com muitos bons jogadores como o goleiro Hance Dorkmen, Leon Deeke, John Resenbrik, etc...
Coréia do Sul: Liderado por sua estrela I Yonun.
Ghana: Não há informação desta equipe.

Grupo D:

Formado por Brasil, França, Arábia Saudita e Camarões.
Brasil: Vem com muita força com sua estrela Carlos Santana, tem uma grande defesa liderada por seu capitão Alberto e o goleiro Salinas é praticamente invencível. A equipe é dirigido por Roberto Hongo.
França:Volta com Pierre e Rui Napoleón.
Arábia Saudita: Liderado pelo príncipe Mark Owairan e seu goleador Barukan.
Camerões: Liderados pelo defensor estrela Raymond Gandorra.

JAPÃO VS MÉXICO

O primeiro jogo é contra o México. No Japão não joga nem Misaki nem Genzo por suas lesões:

Japão: GK: Wakashimazu, Kasuo, Masao, Tsubasa, Shingo, Hyuga, Misugi, Ishizaki, Sano, Matsuyama e Jito.
México: GK: Ricardo Espadas, Medina, Carvajal, Gomez, Rivera, Ezpino, Saragoza, García, Suarez, Alvez e Roblez. Técnicos: Enrique Vázquez.

No jogo nada passa por Espadas nem Wakashimazu e o primeiro tempo termina 0 a 0. Já no segundo tempo, o México volta a atacar pelo ar, e um defensor do México "Bonjo" García agarra as pernas dos Tachibana e os golpeia entre si, eles e lesionam e não voltam a jogar. García é expulso imediatamente. O México ataca novamente pelo ar, já sem os Tachibana, o Japão não detém os passes, e acaba com um remate que Ken consegure desviar mas se choca com um atacante do México, nisso chega espadas e se prepara para fazer uma tesoura, Ken se lança na bola, mas Espadas muda a direção e anota o gol.
Espadas diz que tudo dependerá dele e nada passará por ele. Matsuyama,Soda, Nitta tentam mas não passam por ele, Tsubasa começa a ter uma dor no estômago devido a uma lesão. Todo o México defende, Hyuga usa seu"Raiyju Shoot", Espadas manda para escanteio. O Japão está totalmente no campo do México...

Shingo cobra rapidamente, todos lhe pedem a bola, mas todos estavam marcados, ele passa a Tsubasa passa por 8 defensores e chuta mas Espedas detém e a bola bate no travessão, a bola volta ao jogo e antes shingo aparece e mete no fundo gol empatando o jogo.
O México reinicia, Matsuyama recupera, passa a Tsubasa. Espadas está lesionado no braço, a bola chega a Hyuga, que chuta com tudo, Espadas se lança e Tsubasa intercepta o chute com o rosto (como Ishizaki) e a bola chega novamente a Hyuga que chuta e marca então o jogo termina e o Japão vence por 2 a 1.

No outro jogo do grupo, o Uruguai enfrenta a Itália, o jogo é muito disputado Ryoma Hino não pode anotar con seu "Dragon Shoot" porisso começa a usar o seu "Tornedo Shoot" que não lesiona apenas as mãos de Hernandes como também lesiona a perna do líbero Gentile. No Final o Uruguay vence por 3 a 2.

JAPÃO VS URUGUAI

Antes do jogo, Shingo estava muito incomodado, já que o Uruguay havia derrotado a Itália por 3 a 2. Shingo estava muito pensativo todo tranquilo e vem Hyuga e lhe dá um soco lhe grita muitas coisas e Hyuga lhe diz para Aoi o socar também, Shingo obedece, socando Hyuga, e os dois ficam sorridentes, até o árbitro se assombra. Hyuga e Aoi chocam punhos e dizem fazer muitos gols no Uruguai.
O Uruguai começa no ataque, Victorino passa a Hino, este usa seu"Tornedo Shoot", Aoi se lança na trajetória do tiro para intercepta-lo, mas antes chega Hyuga e o empurra (já que o tiro é muito forte). A bola segue sua trajetória e é Tsubasa quem a intercepta com seus dois pés. Hino e Victoriao se assombram diante disto. Mas as solas de Tsubasa estragam devido ao tremndo impacto produzido pelo tiro de Hino. Aoi se da conta de porque Hyuga o empurrou. Hino se põe a pensar em Tsubasa e diz que ele (Tsubasa) conseguiu ser campeão no Brasil.
Aoi recupera a bola que Tsubasa desviou, pensa em seus amigos (Italianos) e se lança até Hino e Victorino, os quais vence com seu "Chotsukaku Feint". O mesmo faz com vários uruguaios, até que fica cercado por 3 defensores, ele passa a Hyuga, este usa seu "Raiyju Shoot" e marca um gol.
Uruguai reinicia, Hino é interceptado por Shingo, que selança ao ataque fazendo tabelas com tsubasa,logo faz uma jogada individual,passa pela defesa e marca seu gol.
Logo em jogada entre Victorino e Hino , HIno faz um passe de cabeça para Victorino, que marca sem reação de Ken.
O Japão reinicia , Aoi passa a Tsubasa que de onde se encontra no campo dispara e marca com seu "Fringe Drive Shoot". O Uruguai reinicia, Tsubasa rouba a bola e passa a Takeshi que passa a Hyuga que volta amarcar com seu "Rayiju Shoot".
Logo Hino marca com seu "Tornedo Shoot" e Ken nem se mexe. O Japão reinicia, Hino recupera, e logo Hino marca denovo com seu "Tornedo Shoot".
O jogo segue, o Uruguai recupera a
bola e em um lançamento de Hino a Victorino que desvia a trajetória da bola, o Uruguai consegue fazer o gol do empate.
Continuando Nitta, Matsuyama, Misugi e Soda lançam seus chutesmas o goleiro defende. Hyuga marca pessonalmente Hino,o Uruguai avança, a defesa lança a Victorino, este vai receber , Jito se prepara a deter o passe, mas coloca mal a perna, desvia a bola ao seu gol, e como Wakashimazu não esperava, é gol do Uruguai. Nesse momento começa a chover faltando uns 10 minutos para o fim da partida.
O Japão segue o jogo, o Uruguai se defende com tudo, Tsubasa se combina com Ishizaki, mas este não alcança o passe de Tsubasa então o Uruguai recupera, Victorino passa a Hino que se enfrenta no ar com Wakashimazu, Hino chuta e Ken defende graças as suas habilidades de karatê, então Ken corre com a bola até o gol do Uruguai e Tsubasa pede para que todos o apóiem. Jito pede para Hyuga se lance no ar depois pise em Jito e chute para que assim a defesa não detenha seu chute, mas Hyuga fala que isso poderi machucar Jito que não se importa, pede que Wakashimazu lhe passe. Jito se lança, todos se assombran ao ver istoo, Hyuga sobe nos ombros de Jito e chuta, a defesa varre,mas Hyuga usa seu "Raiyju Shoot" e empata
O Uruguay ataca mas Tsubasa recupera e chuta ao mesmo tempo que Hyuga, então ambos conseguem marcar o gol e o jogo termina com a vitória do Japão por 6 a 5.

JAPÃO VS ITÁLIA

Nesse jogo, as estrelas da Itália, Gino Hernandez e Salvatore Gentile não começam jogando pois estão lesionados por isso é um jogo fácil para o Japão que no primeiro tempo marca dois gols e quando está 3 a 0, tanto Gino como Gentile entram no campo mesmo lesionados.
Shingo fica feliz já que ambos são seus amigos, enfrenta Gentile, consegue passar usando seu "Chotsukaku Tornedo Feint". Logo enfrenta a Gino Hernandez e consegue marcar o gol. Assim termina, o jogo e a primeira fase das eliminatórias com a vitória do Japão por 4 a 0.
No grupo B, a Alemanha perde para a Suécia por 5 a 3. As equipes classificadas são: Pelo grupo A: Japão e Uruguai; pelo grupo B: Suécia e Alemanha, pelo grupo C: Holanda e Argentina, pelo grupo D: Brasil e França.

JAPÃO VS SUÉCIA

Neste jogo Hikaru Matsuyama no poderá jogar pois sua noiva Yoshiko tinha sofrido um acidente de trânsitoo e Hikaru deixou a equipe para estar com ela, em seu lugar entrará Akai Tomeya, um jovem japonês que joga no Sampdoria da Itália. A Suécia é liderada por Stefan Levin que venceu a Alemanha no grupo B, primeiro empatou com EUA e Colombia para ocultar seu verdadero poder,logo enfrentou a Alemanha com Shneider para ver quem era melhor, já que ambos foram os artilheiros da liga alemã (Schneider com 21 gols e Levin com 18) mas no jogo, com seu Levin Shoot vence a Alemanha e ainda lesiona Müller que não pode aguentar os potentes disparos da Suécia. Levin prometeua asua noiva Katarina Karen que ganharia o mundial antes dela morrer vítima de um acidente.

JAPÃO
GK: Genzo Wakabayashi
DF: Makoto Soda, Jun Misugi, Hiroshi Jito e Ryo Ishizaki.
MF: Akai Tomeya, Tsubasa Ozora, Mitusru Sano e Aoi Shingo
FW: Kojiro Hyuga e Shun Nitta

SUÉCIA
GK: Galleri (#1)
DF: Brolin (#4), Mild, Rehn, Nilson e Toma
MF: Levin (#12), Larsson (#7) e Federiks (#8)
FW: Ljung e Ravelli

O Japão começa com um ataque de Aoi que é interceptado por Levin, que passa a Larsson e inicia um contra-ataque que termina com um confronto entre Levin e Akai Tomeya apelidado de "Red Stopper" do Sampdoria italiano. Akai consegue roubar a bola de Levin, Tsubasa com a bola passa a Hyuga que chuta de voleio mas o tiro é interceptado por Brolin. A Suécia manda um passe a Levin mas aparece Akai Tomeya que intercepta e lança a Hyuga que usa seu poderoso "Raijyu Shoot", mas é bloqueado novamente por Brolin. Agora Levin se manda ao ataque driblando seus rivais com seu "Aurora feint" e então dispara o seu potentíssimo Levin Shoot, Wakabayashi consegue desviar então começa uma chuva de ataques da Suécia: Brolin usa seu "Racing Bazooka", Larsson usa o "Speedy Slading Shoot" (S.S.S.) e Fredericks usa o "Technical Loop Shoot", mas todos são detidos por Wakabayashi. Agora quem tenta atacar é o Japão, mas os ataques de Tsubasa, Nitta e Hyuga são exterminados por Larsson, Fredericks e Brolin. O primeiro tempo termina e Levin está furioso por não poder vencer nem Genzo nem Akai.
No segundo tempo, a Suécia decide por em prática o que chaman de New Version Soccer. O ataque consiste nol uso do jogo aéreo para conduzir a bola até a área japonesa onde Levin dispara seu Levin Shoot. O tiro é bloqueado por Akai, a bola chega aos pés de Levin que usa denovo seu chute mas Akai consegue bloquear novamente caindo de cara no chão. Levin tem a boa outra vez e novamente usa seu tiro especial, mas Akai reúne todas as suas forças e se põe na trajetória da bola mas uma vez, e o tiro é detido, Tsubasa tem a bola e selança ao ataque que termina com remates consecutivos de Hyuga e Aoi que são bloquados pelas intervenções acrobáticas de Larsson e Fredericks. Que passan a bola a seu capitão, o Japão está em apuros pois entre o gol e Levin só há Wakabayashi e Akai Tomeya que está quase inconsciente mas para a surpresa de todos o capitão bota a bola para lateral para que Akai possa ser atendido, logo que Akai é retirado do campo o jogo termina empatado em 0 a 0.

A Morte Súbita

Matsuyama está de volta pois Yoshiko já está melhor, promete a Akai que dará o melhor de sí para vencer. A entrada de Matsuyama é decisiva já que ambas equipes estão esgotadas. Hikaru rouba de Levin e passa a Tsubasa que se manda ao ataque, tabela com Hyuga e logo realiza seu novo chute que havia reservado para uma ocasião especial o Skywing Shoot que é parecido com o Raijyu Shoot de Hyuga, o disparo entra no gol furando a rede e dando a vitória ao Japão que passa às semifinais.
Nas outras quartas-de-finais, a Alemanha vence a Argentina por 3 a 2, o Brasil goleia o Uruguai por 6 a 0 com 3 gols de Santana. E a Holanda vence a França por 3 a 1.

As semi-finais

Infelizmente o editor da revista Shonen Jump teve certos desentendimentos com Yoichi Takahashi, porisso cortou grande parte da série, este partido é um claro exemplo, pois contém apenas 3 folhas do mangá. O Japão joga contra a Holanda que joga com todas as sua estrelas e o jogo vai para a morte súbita, onde Tsubasa marca com seu "Skydive Shoot" (Skydive é diferente do Skywing, pois aqui Tsubasa entra no gol com bola e tudo)e vence o jogo se classificando para a final.
Na outra semifinal, a Alemanha enfrenta o Brasil, Santana marca 3 gols e Salinas detém todos os chutes de Schneider, Kaltz, Schester e Margus para anotar. A partida termina 5 a 0 para o Brasil, Müller não juega pela lesão causada por Levin.

A GRANDE FINAL: JAPÃO VS BRASIL

Antes da partida Roberto Hongo diz Tsubasa que vai ganhar este jogo, Hongo também queima as camisas número 10 do São Pablo e do Brasil, dizendo que ninguém pode ocupar estes lugares. No mundial, o Brasil goleu em todos os seus jogos, Santana marcou 3 gols emcada um deles e o time não tomou nenhum, pelo grande trabalho de seu capitão Alberto e pelo goleiro Salinas.

JAPÃO
GK: Genzo Wakabayashi
DF: Ryo Ishizaki, Misugi, Jito, Soda
MF: Matsuyama, Ozora, Sano, Shingo
FW: Nitta e Hyuga.

BRASIL
GK: Salinas
DF: Alberto, Jordi, Marcio, Casagrande
MF: Branca, Dougo, Santana, Leo
FW: Leandro e Silva.

O jogo começa e logo Tsubasa decide usar o seu "SkyDive Shoot", mas antes 4 jogadores brasileiros se lançam contra Tsubasa e roubam a bola. O Brasil descarrega todo seu poder ofensivo, mas todos os seus disparos são interceptados pela sólida defesa japonesa e por Wakabayashi, que consegue parar um "Rolling over head kick" de Santana. O Japão se limita a defender e nesta tarefa de destacam Ishizaki e Misugi (como líbero), Tsubasa consegue parar um "Rolling Arrow Jumping Over Head Shoot" de Santana, manda um "Flying Drive Pass" para Hyuga, que usa seu "Raijyu Shoot" mas Salinas o defende facilmente. No contra-ataque Santana faz um "Skywing Shoot" igual de Tsubasa mas Genzo defende. O Japão sofre para manter o 0 a 0, então acaba o primeiro tempo, nos vestiários Misaki depois de uma conversa com seu médico Shibazaki Horiyuko, comunica que pode jogar no segundo tempo.
Começa o segundo tempo, Pepe ingressou no jogo, agora o Brasil tem três atacantes que atacam rapidamente criando uma clara chance de gol, Tsubasa não pode evitar o "Jumping Arrow Volley Shoot" de Santana, Genzo defende mas no rebote Santana con um remate acrobático espetacular consegue marcar o primeiro gol da partida. Então Sanae que é a líder da torcida japonesa começa a dar ânimo a sua seleção. Taro Misaki ingressa no lugar de Mitsuru Sano. Então a Golden Combi (Dupla de Ouro - Tsubasa e MIsaki), depois de passar por 2 rivais perde a bola para Santana que se combina com Luciano Leo e usa seu "Tornedo Arrow Skywing Shoot" (uma mistura de todos os chutes especiais do torneiro), mas Genzo faz uma super defesa e logo passa a Tsubasa, mas a potência do chute o lesiona deixando sua mãos ensanguentadas. A golden combi volta a perder a bola mas Aoi recupera e juntos formam o Golden Trio (Trio de Ouro), a bola pelota acaba no lado direito onde Soda lança a HYuga que chuta mas o líbero Alberto intercepta e novamnete atacam, Matsuyama recupera e passa a Misugi que realiza um "Drive pass" que supera Alberto e chega em Hyuga que passa a Tsubasa e MIsaki que executam um "Over Head Twin Shoot" que é defendido por Salinas assim como o chute seguinte de Tsubasa que não se dá por vencido e consegue por a bola no fundo do gol empurradfo por seus companheiros, faltando 5 minutos para o final. O jogo continua e Hyuga usa novamente seu Raiyju Shoot mas o tiro é novamente rebatido na borda da área por Tsubasa e Misaki que fazem um Twin Shoot, o tiro resultante tem grande potêcia e consegue marcar em Salinas.
Devido a este esforço sobrehumano Misaki tem que abandonar o campo, e justo quando se dirige ao banco para se tratar, e se encontra cara a cara com o número 10 do Brasil que está aponto de entra no jogo, Naturezza. O jogo continua e Naturezza começa a driblar os rivais, até que se enfrenta com Tsubasa, Naturezza dribla Tsubasa com uma finta que faz desaparecer a bola no ar e realiza um Over Head Kick com duplo efeito que de fora da área, entra no gol de Wakabayashi. O Jogo continua empatado em 2 a 2, o Japão volta a perder a bola, Naturezza escapa de Hyuga e Tsubasa e tabela com Santana e Leo, logo Santana se prepara a lançar para Naturezza para acabar com o jogo mas Ishizaki se lança e intercepta com seu "Gammen Block", mas cai inconsciente no chão, graças a isto Tsubasa chega para defender novamente e consegue chutar ao mesmo tempo que Naturezza mas Wakabayashi também saiu para defender a bola e com a ajuda de Tsubasa consegue controlar o tiro, mas acba se lesionando as duas mãos. Acaba o segundo tempo com Ishizaki inconsciente e Genzo totalmente lesionado, com as mãos sangrando muito..
Ishizaki é trocado por Urabe Hanji e Genzo por Ken Wakashimazu, Misaki volta a entrar logo que se recupera.
A morte súbita começa e todo o Japão se lança ao ataque, Aoi passa a Misaki que passa de Santana e lança a Tsubasa que está marcado por Naturezza, os dois se elevam no ar e este duelo vai decidir o verdadeiro novo rei do futebol, a bola vai diretamente a Naturezza mas faz um efeito e chega a Tsubasa que vence no duelo aéreo com Naturezza e marca o gol de Ouro da vitória. Consagrando o Japão campeão do mundial sub-19, Naturezza não acredita que foi derrotado.... Resultado final 3 a 2 para o Japão.

O FIM
Logo depois da final se deu a consolidação a Tsubasa Ozora como o melhor jogador juvenil do mundo. O autor Takahashi nos deixa algunas páginas com o destino final dos protagonistas da série. Finalmente Tsubasa Ozora e Sanae Nakazawa se casam e vão viver em Barcelona pois Tsubasa se transferiu ao Barcelona FC. Carlos Santana se encontra com sua mãe quando ia caminho aos vestiários, esta lhe pede desculpas por te-lo abandonado. Também conhece seu irmão Cario. Naturezza vai para o Real Madrid, onde pderá enfrentar Tsubasa na liga espanhola.
Kojiro Hyuga foi contratado pela Juventus de Turín, da Serie A onde enfrentará a seus compatriotas Shingo Aoi (Inter de Milão) e Akai Tomeya (Sampdoria); ambos no quiserão deixar suas equipes.
Wakabayashi prefere ficar no Hamburgo SV para poder ganhar a Bundesliga, Misaki viaja a França para jogar no Paris Saint Germain, Ken Wakashimazu decide ficar no Yokohama Flugels, o resto dos jogadores ficam no Japão para disputar a J-League: Misugi no Bellmare, Matsuyama no Consadole Sapporo, os Tachibana no Jeff United, Soda no Gamba Osaka, Jito no Avispa Fukuoka, Ishizaki e Urabe no Jubilo Iwata.